segunda-feira, 5 de junho de 2017

semana #23 - Se preparando para o projeto #whole30


Muito bem, como disse no post anterior, livro comprado e estudado, gostei muito do programa alimentar e da enfase que é dada para a saúde.

Não vou ficar explicando detalhes que com certeza você já deve ter lido em algum outro lugar antes de aparecer por aqui, mas caso ainda não tenha ouvido falar, compre o livro ou leia essa matéria que encontrei com um bom resumo sobre o programa #whole30  e para isso clique aqui .

A premissa do programa é simples: determinados grupos alimentares podem estar causando um impacto negativo em sua composição corporal, saúde e qualidade de vida sem que você perceba.

Durante 30 dias, o programa elimina alimentos que, conforme a ciência e experiencia dos criadores (Dallas e Melissa Hartwig) já demonstraram, promovem hábitos e desejos alimentares nada saudáveis, prejudicam o metabolismo, danificam o trato digestivo e sobrecarregam o sistema imunológico. Depois de 30 dias, você os reintroduzirá, cuidadosa e sistematicamente, prestando atenção em seus impactos sobre compulsões alimentares, o humor, os níveis de energia, o sono, a digestão, a composição corporal, o desempenho esportivo, a dor e os sintomas de algum eventual problema  de saúde.

Os alimentos que você vai consumir durante o programa Whole30 manterão níveis estáveis de glicose no sangue, ensinarão o corpo a utilizar a gordura como combustível, regularão os hormônios e melhorarão a comunicação deles com o cérebro. Resultado: ao longo do programa você provavelmente vai perceber um aumento nos niveis de energia, menos fome entre as refeições, perda de peso e melhora de biomarcadores como pressão arterial, colesterol "bom" e glicemia em jejum.

Os alimentos e bebidas proibidos na dieta Whole30

  • Açúcar adicionado: xilitol, mel, xarope de ácer, néctar de agave, néctar de coco, stevia, splenda ou qualquer outro tipo de açúcar adicionado.
  • Álcool ou cigarros.
  • Grãos: trigo, centeio, cevada, aveia, milho, arroz, painço, triguilho, sorgo, amaranto, trigo sarraceno, grãos germinados, quinoa e outros tipos de grãos.
  • Legumes: feijões, soja, ervilha, grão-de-bico, lentilhas, edamame, amendoins.
  • Produtos laticínios: produtos obtidos a partir do leite de vaca, cabra e ovelha como queijos, kefir, iogurte e nata ácida.
  • Vinagres: com açúcar adicionado e vinagre de malte.
  • Itens compostos por carragenina, glutamato monossódico e sulfitos.
  • Não adaptar receitas de produtos de panificação, guloseimas ou besteirinhas como pizzas, muffins, pães, biscoitos, cupcakes, cookies, waffles, cereais, tortinhas, batata frita e panquecas, substituindo os ingredientes. Para a dieta Whole30, as guloseimas continuam da mesma maneira, independente dos ingredientes utilizados no preparo de suas receitas.
  • Sem dia do lixo durante todo o mês de duração do programa. 

O que é permitido comer na dieta Whole30 

  • Carne;
  • Frutos do mar;
  • Ovos;
  • Muitos vegetais;
  • Frutas;
  • Sucos de fruta – que inclusive podem ser utilizados para adoçar as receitas;
  • Gorduras boas provenientes de frutas, óleos, nozes e sementes;
  • Alimentos com poucos ingredientes e não processados;
  • Manteiga Ghee (manteiga clarificada);
  • Legumes: algumas exceções da categoria dos legumes como feijões verdes, ervilha sugar snap e ervilha forrageira (snow pea) são aceitas dentro do programa alimentar;
  • Vinagre branco, balsâmico, de cidra de maçã, de vinho branco e de arroz;
  • Sal.
Parece difícil, mas pra ter um boa saúde e de bônus eliminar alguns quilos extras, vão me fazer testar e passar meus próximos 30 dias em um novo nível.

A promessa é que ao eliminar das refeições os itens contidos na lista de proibições abaixo, o praticante do programa alimentar ganhará um metabolismo saudável, reduzirá a inflamação sistêmica do seu corpo e terá a oportunidade de descobrir como essas comidas afetam sua saúde, boa forma e qualidade de vida.



Disse que não iria dar detalhes, mas não resisti, esse resumo que passei é 1%  do que você deve saber sobre o programa, vou tentar esclarecer alguns pontos com minha experiencia nesse programa, e dar dicas do cardapio usado por mim durante esses dias.

Mantenha o foco e tchau.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se quiser conversar sobre o esse tema, deixe seu e-mail nos comentários ou cadastre seu e-mail em sua conta Google, para facilitar uma resposta....