quarta-feira, 29 de julho de 2015

Crentes Mimados... Ser ou não ser...

As igrejas tem criado crentes mimados e quando digo igrejas, cito as protestantes, pentecostais, católicas e outras vertentes de igrejas cristãs que tem surgindo por aí...

Já percebeu como tem "crente" cheio de manha, batendo os pés e gritando eu quero, eu quero, eu quero. Bom eu percebi, percebi também que as pessoas tem tendencia de determinar a benção, eu odeio isso, quando digo que estou passando por algum problema e as pessoas já vem me dizer que devo determinar a benção e 'aí meu Deus' se eu falo que talvez a resposta para aquela situação seja um NÃO de  Deus pra minha vida, aí parece que virei leprosa. Já começam a me dizer que não posso aceitar isso, que se eu ficar falando assim vou atrair coisas ruins e bla bla bla bla... e  blah. 

Sim, Deus fala não também, não é porque pedimos quer dizer que teremos.Um bom pai é aquele que mesmo podendo dar, diz não e ensina que o filho tem forças pra conseguir, um bom pai guia o filho a realizar suas conquistas. Um bom pai sabe que filhos mimados não serão fortes o bastante na hora da adversidade. Aonde eu quero chegar? Quero dizer que crentes mimados, não crescem e não realizam todo o seu potencial, crentes mimados não enxergam seus erros, não enxergam seus pecados, não enxergam o quanto poderiam ser valorosos se se entregassem a Deus para serem tratados por Ele.

Numa época em que virtude é saber se livrar das situações ao invés de ser honesto e aceitar as implicações de suas ações é porque algo está errado e não é culpa da instituição igreja e sim de nós pessoas que a formamos.

Igreja cheia não é sinal de benção e unção, igreja cheia não quer dizer que a palavra de Deus está sendo ensinada em sua essência e como diz a minha querida Daniela Fernandes Artigas "É possível lotar uma igreja sem Jesus Cristo. Tenha um bom orador, que saiba dar uns gritos para convencer, com conhecimento de algumas técnicas de marketing e vendas, desejo de ser 'o tal', acompanhado de insubmissão e síndrome de grandeza, está feito!!!"

E eu vou mais além, hoje em dia as pessoas só querem o "venha a nós", só querem saber de benção e pra piorar só se for benção financeira e quer que eu piore um pouco mais o quadro, as mesmas pessoas em sua maioria das vezes nem se dá ao trabalho de dobrar os joelhos pra orar, sempre está atrás de um dito "profeta" pra orar por elas.

Ando preocupada com o rumo das coisas, se buscarmos  aprender sobre caráter cristão, ética, amor ao próximo com certeza as demais coisas vão acontecer naturalmente. Sabe aquele versículo que fala "buscai a Deus em primeiro lugar", então se buscarmos a Ele, se procurarmos viver da forma que Ele tem desejado pra nós tudo vai fazer sentindo, mas pra isso como igreja temos de mudar nossas referencias, temos de buscar na essência o ser cristão, tratar nosso caráterentendermos o real significado de uma vida prospera em Cristo Jesus.

Não, não sou perfeita, aliás estou bem longe disso, quem me conhece sabe que tenho mais erros que acertos, estou em busca do melhor de Deus pra minha vida e esse melhor inclui uma alma salva, pois eu acredito na vida após a morte, acredito na ressurreição, acredito na vida eterna e é essa a minha busca diária, mesmo quando vou aos cultos ao Senhor e a palavra do pregador seja de exortação eu ouço e busco onde me encaixo naquela palavra e como devo melhorar como pessoa.

Essa postagem não é pra você que não professa a mesma fé que eu, ao contrário essa é uma reflexão que quero trazer para os meus irmãos em Jesus Cristo, que possamos refletir que tipo de testemunho estamos dando ao mundo atual, aos nosso filhos, aos nossos amigos. Que tipo de crentes estamos nos tornando, o que é obediente a palavra e obediente ao Pai ou o rebelde a palavra e por consequência rebelde aos olhos do Pai. 

Que nossas igrejas lotem, mas pelo motivo certo que possamos buscar aprender mais sobre Deus, sobre como podemos ser diferentes num mundo tão caótico, que possamos ser mais maduros deixando a imaturidade de lado e crescermos com cristãos e cidadãos dos céus.

Pensa nisso, e me diz qual sua opinião sobre o assunto...


sexta-feira, 26 de junho de 2015

Ás vezes temos que ser meio loucos...

O texto abaixo eu escrevi  em abril de 2013, acabou ficando no rascunho e acabei não publicando. Hoje revendo meus textos me deparei com ele e resolvi publica-lo da forma que escrevi na época. Fazem 2 anos que passamos por essa situação e o que mudou de lá pra cá? Não muito, pois como toda tempestade em algum momento ela acaba e o sol torna a brilhar, as vezes o tempo ainda fica nebuloso por um período, mas com certeza o sol aparece.

São 2 anos entre tempo nebuloso com raios de sol entre as nuvens, talvez ao terminar de ler o texto abaixo você pense que mudei de opinião em relação a minha fé, mas ao contrário ela se fortaleceu e aguardo os tempos de calmaria, apesar de todo mundo falar de crise e de dificuldades em relação ao cenário politico e econômico que nosso Brasil enfrenta eu sigo em frente sem perder a esperança e os sonhos que sei que ei de alcançar...


Segue texto de 04/2013:

quinta-feira, 4 de junho de 2015

Me Reinventar é o que me faz Prosseguir...

Se for pra escolher uma palavra pra descrever esse momento eu usaria a palavra DIFICIL... sim tá dificil...

Dificil ser hoje em dia, dificil ter que se reiventar a todo momento, dificil se localizar em meio a tanta loucura, dificil ter fé seja nas pessoas, seja em Deus, seja em justiça, seja em qualquer coisa....
Dificil....
muito dificil...

Mas como sou uma pessoa que nada contra a maré a todo instante, eu me transformo e leio de ponta cabeça o mundo que me rodeia...

Então se tá dificil, passo por cima e busco o lado fácil.. desculpe, fácil não, eu já estaria forçando a barra pra você que não me conhece e pensa que estou sendo utopica... vou reescrever esse trecho.

Então se está dificil, passo por cima e busco o lado... hum... (se eu pudesse por som nesse texto, agora você estaria ouvindo os cric cric dos grilinhos na minha cabeça)

O legal de ser eu, é que não paro por estar com a vida bloqueada, não paro em frente às dificuldades, se preciso for ter que chorar, descabelar, gritar, bradar, clamar... eu o faço, não tenho vergonha de dizer que as vezes me sinto fraca e impotente em frente a tudo isso...

E isso meu caro leitor é o que me faz poder seguir em frente e me reinvetar quando for preciso, me localizar, voltar a ter fé nas pessoas, em Deus, em justiça ou em qualquer outra coisa.

Não tenho medo de parecer fraca, tenho medo de sempre achar que sou corajosa.

A vida nunca será fácil, sempre haverá algo que me impulsione a me reiventar... e é exatamente com isso que eu conto, porque quando eu parar de buscar é porque já estarei a sete palmos meu caro leitor....

 "Assim que tenho visto que não há coisa melhor do que alegrar-se o homem nas suas obras, porque essa é a sua porção; pois quem o fará voltar para ver o que será depois dele?" (Ec 3:22)