quinta-feira, 27 de junho de 2013

Quando Deus diz Não.....

Olá povo lindo, hoje estou reflexiva em uma questão. Na fé cristã entendemos que Deus tem 3 formas de responder nossas orações, Sim, Não e Aguarde um Pouco.

imagem Google
Já obtive muitos "sins" , muitos "aguardes"e logicamente muitos "nãos".... e no momento estou passando por um momento do "aguarde", não é fácil aguardar, sou uma pessoa  irrequieta, sempre  tenho de estar fazendo algo, simplesmente não consigo ficar parada e esperar seja o que for, quando marco um compromisso  faço de tudo pra chegar antes do horário, porque odeio ficar esperando alguém e sendo assim busco não deixar  seja quem for me esperando. Essa é minha natureza, sou assim.

Agora imagine minha aflição em aguardar um resposta de oração, pois bem, pela fé eu busco sempre o "Sim" de Deus, que Ele se compadeça de mim e atente pro meu clamor e me agracie com sua benção. Ou que pelo menos me faça entender que no momento não será possível, mas que eu tenha fé que no tempo certo a benção virá. Mas e quando a resposta é "Não"?

Após minha devocional dessa manhã, me veio essa pergunta após minhas orações, e "se"? E se Deus me responder com um "Não", como eu disse eu já tive muitos "nãos" em minha jornada cristã e sempre continuei minha jornada buscando outra solução que sempre vinha adiante e muitas vezes até melhor do que o que eu estava buscando antes. Eu sei minha resposta e sei como vou enfrentar essa situação caso Deus não me atenda. Mas quero saber de você, quero que você querido leitor desse momento de forma sincera responda a si mesmo, qual a sua atitude diante de um NÃO de Deus pra algo que realmente é imprescindível aos seu entender, se você não for atendido, qual será sua reação?

  • Irá desmoronar e perder a fé.
  • Irá chorar espernear e sentir menos amado.
  • Irá buscar do teu jeito e fazer por você mesmo, afinal   Deus não entendeu o que você pediu.
  • Irá continuar a sua jornada e independente do que acontecer continuará a crer e agradecer por não ter conseguido o que queria, mas entender que foi o melhor mesmo que agora nesse momento não entenda.

Com certeza no impeto de ser espiritualmente correto, você vá me dizer que continuará a crer e entende. Mas  já vi muita gente se abalar e se desviar do caminho, aos poucos perde aquele vigor de outrora e já não acha graça em ir aos cultos, os estudos bíblicos e reuniões de oração perdem a graça, e sem perceber volta a ter uma vida medíocre se achando o mais pobre dos mortais.

Pense nisso, será que você já está vivendo uma vida medíocre e nem se apercebeu disso, só porque Deus andou te dizendo alguns "nãos"pelo caminho?

terça-feira, 11 de junho de 2013

Hoje... estou triste.

Tem dias que parecem noites e só a fé firma nossos passos......

Estou nesse dilema, continuar a caminhar mesmo quando os pés vacilam no meio a escuridão.

No meu caso a escuridão são as dificuldades que no momento se estabeleceram desde abril, maridinho está desempregado e eu bem eu sou uma dona de casa sem renda, a pouca que tenho vem de trabalhos manuais que são mais pra terapia e hobby do que pra renda e nessas horas eu penso como pude não me colocar no mercado e ter realmente pegado firme pra comercializar minhas peças, de repente nesse momento poderia ajudar, mas a verdade é que não nos preparamos pro dias maus, pra aqueles momentos onde as coisas não vão acontecer da forma correta que sempre aconteceram.

Hoje a fé tá falando mais alto e por causa disso e só por causa disso não estou me descabelando e surtando, mas preciso confessar que estou triste, muito triste, preocupada com esse mês... a dúvida será que conseguiremos submergir pro dia claro antes de nossas reservas financeiras cessarem, algo em mim diz, "calma vai dar tudo certo, tenha fé." e em nenhum momento ouvi algo diferente ou acreditei em algo diferente.

Tenho fé, creio que tudo vai se organizar... mas hoje estou me dando o direito de dizer:

"_Senhor Deus, estou triste. Nos socorre" e como diz o salmista "...apressa-te em me socorrer Senhor" (Salmos 70.1)